Pesquisar

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Campeonato Europeu de "Touring Car" de Grande Escala - 1/5

Assista aqui uma das provas do Campeonato Europeu de "Touring Car" de Grande Escala - 1/5, EUROS 2014. Uma emocionante corrida com transmissão da "RC RACING TV"... Isso mesmo, lá eles possuem uma TV exclusiva para transmissão de corridas de Automodelismo, em suas várias escalas e categorias, e como vocês podem ver, é tudo levado muito a sério. 
No Brasil, infelizmente não temos essa dedicação em razão de fatores comerciais, visto que as importações de modelos e peças se tornam muito caras para praticarmos esse maravilhoso Hobby, e nem mesmo apoio de governantes ou de incentivo privado. Hoje, algumas pistas em nosso país ainda são pintadas em estacionamentos, sem a infraestrutura adequada para a prática do Automodelismo. Acredito que se levássemos mais a sério e tentássemos apoio de políticos e de grandes empresas, poderíamos chegar mais perto do que é ideal para o hobby. 
Mas vamos ao que interessa. Assista a essa corrida e veja como é bacana uma corrida bem organizada.



domingo, 14 de dezembro de 2014

Tabelas Finais do Campeonato Brasiliense de Automodelismo Radiocontrolado


Chegamos a mais um final de Campeonato. Este ano de 2014 foi marcado por grandes pegas e mudanças constantes de liderança. Infelizmente algumas categorias que iniciaram bem o ano não foram felizes no decorrer do tempo. Alguns pilotos foram abandonando as corridas até que não houvesse corum suficiente para a realização das provas. Tivemos o cancelamento das corridas de GT 1/8 e 1/8 Pro, duas categorias que prometiam muito. Diferentemente de Curitiba-PR, onde os GT fazem a festa, como mostro em várias postagens anteriores, aqui foi bastante diferente.
Mas vamos ao que interessa. Finalizadas as corridas, foram consagrados CAMPEÕES de 2014, os seguintes pilotos:


Categoria 1/8 PRO = André Borges com 108 pontos



Categoria GT 1/8 = Cleyton(RN) com 84 pontos



Categoria OREA 1/10 = Rogério Massa com 416 pontos



Categoria 1/10 Pro.12 = Leo Novak com 388 pontos


No resumo do ano tivemos excelentes provas, vários patrocinadores de peso e alguns turbilhonamentos, porém, nada que apagasse o brilho do Campeonato.

Que venha 2015 com muitos pilotos, categorias e provas de tirar o fôlego.

Por: Marco Daher

domingo, 9 de novembro de 2014

6ª e última etapa do Campeonato da 1/8 GT!

Domingo, 09/11, teremos a 6ª e última etapa do Campeonato da 1/8 GT! Neste dia será conhecido o Campeão de 2014.
* Transcrição "IPSIS VERBIS" do Blog GT2-Paraná


A última etapa vai mexer com os nervos de dois competidores: Rodrigo Koehler e Djalma Mendes. O título de campeão está praticamente nas mãos de Rodrigo e só o Djalma pode ameaça-lo e ainda assim com uma conjunção de resultados ruins para o Rodrigo. O Rodrigo terá que cuidar para chegar ao fim das baterias nas primeiras posições e o Djalma não poderá errar e terá que vencer a etapa e fazer a pole para levar mais um pontinho e torcer para que seja suficiente para ganhar do Rodrigo.

O Carlos Dalcol e o Vinícius Bráz vão disputar o terceiro lugar do campeonato com uma pequena vantagem para o Dalcol.

Será mais um dia de muita disputa pois teremos também a última etapa da Super Stock e da Clássicos. Ambas também terão seus campeões decididos nesta etapa. Emoções para todos os participantes!

Não percam o final do campeonato!

5ª etapa do Campeonato Paranaense 1/8 GT



A chuva cortou o barato da 5ª etapa do Campeonato Paranaense 1/8 GT! Só foi disputada uma bateria!
* Transcrição "IPSIS VERBIS" do Blog GT2-Paraná
O domingo amanheceu ensolarado e quente, prenunciando um belo dia de disputas na pista da CAAR nas duas categorias: GT e 1/10 Nitro. Seis pilotos na GT e onze pilotos na 1/10 e a animação de sempre em dia de corrida.



As 11:00 horas foi feita a tomada de tempo com a participação de cinco pilotos, pois Marcos Silva acabou não participando devido a problemas no carro. A pista não estava muito boa e o pessoal não conseguiu andar forte, ficando os cinco pilotos fazendo voltas mais rápidas na casa dos 16 segundos. Ao final dos cinco minutos da tomada a pole ficou com o Francis Soppa seguido de Vinícius Brás que está andando cada vez mais rápido.




As 13:30 horas foi dada a largada para a primeira bateria. Já na largada o Rodrigo Koehler assumiu a ponta e não largou mais até o final, sendo combatido de perto pelo Francis Soppa que vem andando muito rápido. Vinícius Brás com problemas no carro só conseguiu largar quando os líderes já tinham completado dez voltas. Djalma Mendes também com problemas perdeu treze voltas antes de conseguir partir para a luta e na volta 31 assumiu o terceiro lugar pois o Vinícius continuava com problemas e logo abandonou. O Carlos Dalcol teve pior sorte só conseguiu largar na volta 16 e só permaneceu 11 voltas na pista. Com esta situação a disputa ficou mesmo entre Rodrigo Koehler e Francis Soppa. Nesta altura a condição de pilotagem propiciada pela pista tinha melhorado tanto que o Francis fez a melhor volta com 15:414 e o Rodrigo fez sua melhor volta com 15:514.
A bateria terminou assim:




Por volta das 15:30 foi dada a largada para a segunda bateria e parecia que teríamos uma nova situação de corrida. Todos largaram e logo de cara a disputa estava entre Rodrigo, Djalma e Francis, seguidos pelo Vinícius e Dalcol. Mas com apenas sete minutos de prova, São Pedro fechou o tempo com ventos fortes e chuva, obrigando o diretor de prova a cancelar a bateria. Com isso ficou valendo o resultado da primeira bateria e o campeão da etapa foi Rodrigo Koehler, Francis Soppa em segundo e Djalma em terceiro. Francis levou também o troféu pela volta mais rápida da etapa. 

A classificação da etapa ficou assim:


A classificação do campeonato, após a 5ª etapa, está assim:


A decisão do campeonato ficará para a 6ª e última etapa entre Rodrigo Koehler e Djalma Mendes. Pela matemática o Rodrigo será campeão se chegar em segundo, mesmo que o Djalma ganhe a prova e faça a pole. Se o Rodrigo chegar em terceiro e fizer a pole também será campeão mesmo com a vitória do Djalma. Como dá para perceber a situação do Rodrigo é bem mais tranquila do que a do Djalma, que tem que ganhar, fazer a pole e torcer para o Rodrigo chegar em terceiro. A última etapa vai ser emocionante!

Preparem seus carros e seus nervos!

FOTOSFotos de Gilca Costa

  
     
Rodrigo Koehler e Carlos Dalol
O diretor de prova, Clarel Castiçhos

Trabalhando

Piloto Djalma Mendes  -  Piloto Francis Soppa

Francis, Rodrigo e Vinícius
Carlos Dalcol, Marcos Silva, Luiz Tiepollo e Djalma Mendes

 

  
Djalma Mendes recebe o troféu de terceiro colocado na GT

  

  
Djalma Mendes, bem humorado, entrega o troféu de campeão da etapa para Rodrigo Koehler

  
 O pódio da GT
Francis Soppa recebe o troféu pela Volta mais Rápida na GT

  
Edson Lima recebe o troféu de segundo colocado na 1/10
Otávio Langowski recebe o troféu de terceiro colocado na 1/10

Willian Capitelli recebe o troféu de campeão da etapa na 1/10
Vitor Ohta recebe o troféu pela Volta mais Rápida da 1/10 em nome de Alexandre Hirata

  
  O pódio da 1/10 Nitro

  

  
Até a próxima etapa.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

FESTIVAL BRASIL SUL DE RC


O MAIOR EVENTO DE RC DO SUL DO PAÍS ESTA DE VOLTA..... FESTIVAL BRASIL SUL DE RC.


DIAS 06 E 07 DE DEZEMBRO NA CAAR - CURITIBA - PARANÁ

4 CATEGORIAS.
NITRO 1/10
GT 1/8
CLÁSSICOS (BLINK EDITION)
EP SUPER STOCK.

Presença de pilotos do Brasil inteiro.
Cesar Salvadori
(IMPERADOR)
Dennis Pickthall
(Melhor brasileiro no Mundial EP 2014 em MIAMI)
Erich Heshiki
João Helio
Dulac DUDU
Dentre outros medalhões do RC nacional marcarão presença neste evento que já figura como um dos mais disputados do calendário nacional.
As dependências da CAAR já estão prontas para receber os pilotos.
Este ano com uma grande novidade...
Premiação em Dinheiro para o campeões de cada categoria.
Toda categoria que contar com mais de 15 pilotos, o vencedor levará uma premiação em DINHEIRO no valor de 400,00(Quatrocentos reais).
Não fique fora dessa...
Mais informações na sequência.
Diretoria CAAR
NÃO FIQUE DE FORA DESTA...

Postado por Luiz Gustavo no Blog GT2-Paraná

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Lancha Kyosho Twin Storm 800 - Antiga mas com muita força...

Características da KYOSHO TwinStorm 800.
Duas baterias de 7.2V produzem alta voltagem para impulsionar os dois motores classe 550 refrigerados à água dessa  incrível lancha. Toda a potência dos motores passa por uma unidade de redução que gira a grande hélice produzindo um enorme torque. Pode-se sentir o casco rasgando a água. Vá de zero à velocidade máxima em questão de segundos mantendo toda a estabilidade proporcionada pelo casco em V de projeto exclusivo. O sistema inboard/outdrive da Kyosho, garante curvas perfeitas em alta velocidade e um pequeno raio de curva em baixa. O controlador de velocidade de alta tecnologia, refrigerado à água, garante grande dissipação de calor, permitindo alta potência estável por longos períodos. O TwinStorm vêm de fábrica totalmente montado, com adesivos colocados e sistema de rádio instalado. Divirta-se com esse modelo de fácil uso mas com velocidade e performance de tirar o fôlego!

Especificações:
Casco de alta performance pré montado com Sistema de rádio instalado e adesivos já aplicados
O casco com formato em V proporciona excelente aceleração e estabilidade dando alta performance em curvas e baixo arrasto.
Estabilizador vertical contribui nas curvas de alta velocidade. O modelo é impulsionado por dois motores classe 550 refrigerados à água.
Unidade de redução com rolamentos em aço inoxidável geram velocidade com muito mais eficiência
Controlador de velocidade refrigerado à água, caixa do servo e caixa do receptor independentes

Tirante do leme conta com proteção à prova d'água
Duas baterias de 7.2V geram 14.4V de força
Parafusos em aço inoxidável garantem grande durabilidade.

Dados Técnicos:
Código: 40031VEB (Versão com 1 motor Team Orion)
Comprimento: 935mm
Largura: 260mm
Altura: 190mm
Peso aprox.: 2600g
2 Motores Classe 550 refrigerados à água
Hélice: D42 x P1.4

Controlador de Velocidade: KA-6 14.4V Twin Drive Amp refrigerado à água

Assista o vídeo:

terça-feira, 16 de setembro de 2014

6a Etapa do Campeonato Brasiliense de Automodelismo Radiocontrolado - Cat. 1/8 PRO .21

No dia 14 de setembro de 2014, domingo, foi realizada a 6a Etapa do Campeonato Brasiliense de Automodelismo Radiocontrolado, sendo a 2a Etapa da Copa ORONA na categoria 1/8 PRO .21
O domingo se inicia em um clima de confraternização e expectativas. Todos os pilotos das categorias que vão correr preparam seus modelos e ajustam pneus e set-up, afinando-os para o melhor desempenho na pista, mas como iremos ver no desenrolar  da etapa, entenderemos que ter o melhor carro ou ser o melhor piloto não é indicativo de vitória, afinal, o fator "SORTE" deve ser levado em conta.
A Categoria 1/8 PRO .21, a última corrida do dia é cheia de emoções de tirar o fôlego. Os Pilotos Felipe Chaud, Drucy Janes, Maecelo Milani, João(GYN), João Paulo, Diogo Silveira e Peterson, protagonizaram uma das mais emocionantes corridas do Campeonato.

Começando já pelos Heats. No primeiro, André Borges, considerado o favorito dada sua experiência na categoria, virou 15.960s, porém, tivemos Diogo Silveira  com o tempo de 4m57.237s e um total de 17 voltas, tempo menor do Heat. André, com problemas em seu modelo ficou atrás de Felipe Chaud e Drucy Janes, com um total de 13 voltas, mesma quantidade do João, de Goiânia, que ficou na 5a posição.
Marcelo Milani, também com problemas em seu modelo, só fechou duas voltas, mas ficou ainda em sexto, pois João Paulo e Peterson nem foram ao Heat.
Confira abaixo.

Já no segundo Heat, André Borges se recuperou e fechou 18 voltas com o tempo de 5m03.774s e a volta mais rápida com 16.056sseguido por Diogo Silveira, João GYN e Felipe Chaud, com diferenças de uma volta para cada um. 
Neste Heat ficaram de fora os pilotos: Drucy Janes, Milani, João Paulo e Peterson.
Confira abaixo:

Na corrida aconteceu de tudo, batidas, vôos, capotagens, cortadas de pista, brigas, e por aí vai... O GRID estava definido da seguinte forma: 1º - André Borges, 2º - Diogo silveira, 3º Felipe Chaud, 4º  -Drucy Janes, 5º - João GYN, 6º - Marcelo Milani, 7º - Peterson e 8º - João Paulo.
O João de Goiânia, teve que largar dos Boxes em razão do pedido de tempo para reparos em seu carro. Logo após a largada, Drucy ganha a posição de Chaud mas só dura por duas curvas, Chaud volta a sua posição inicial e Drucy acaba perdendo duas posições.
Na quinta volta André Borges já estava ultrapassando os primeiros retardatários, e foi abrindo vantagem a cada volta.
Com apenas sete voltas de corrida o piloto João Paulo tem problemas de transmissão e abandona a corrida, infelizmente. 
Felipe Chaud, João GYN e Milani, antes de vinte minutos de prova já haviam abandonado a corrida com problemas em seus modelos. 
Quando chegou a hora da troca de pneus, os mecânicos de duas equipes se atrapalharam e demoraram mais do que o devido deixando os pilotos André Borges e Diogo Silveira em desvantagem com relação aos outros pilotos que nem mesmo fizeram a troca de pneus. Assim, André e Diogo tiveram que sair para a recuperação do tempo perdido na pista, na velocidade!
Infelizmente, o pneu traseiro esquerdo de André não foi fixado de forma correta e se soltou na saída da "Bola", perdendo mais tempo ainda.
Ao retornar a pista, acelerou como nunca e recuperou todas as posições perdidas e ele e Diogo se mantiveram em mesma volta por um longo período e botando várias voltas de vantagem sobre os outros pilotos. Depois de certo tempo e com a vantagem confortável, André relaxou e acabou se desconcentrando, fazendo voltas longas e deixando o modelo desligar por duas vezes. Isso lhe custou novamente várias voltas pois o carro não queria ligar, e a cada passada dos outros competidores a coisa se complicava.
Aos trinta e cinco minutos de prova o carro do piloto Drucy Janes quebra a suspensão deixando a roda dianteira esquerda pendurada (veja no vídeo na posição 30:05), porém rapidamente o modelo é consertado e Drucy Janes volta a pista.
André Borges ao entrar nos Boxes pela última vez, faltando apenas quatro minutos para o fim da corrida deixou o carro morrer e aí foi um "peteco" para ligar novamente (veja no vídeo na posição 37:05)
Quando restavam apenas dois minutos e três voltas depois de retornar a pista, e convenhamos, voar baixo no asfalto, se envolveu em um acidente com o piloto Drucy Janes, o que tirou definitivamente os dois da prova.
Depois disso uma confusão de palavrões e xingamentos e ânimos exaltados, fez com que Drucy Janes fosse desclassificado da competição.
A corrida terminou com apenas dois carros na pista, o de Diogo Silveira, que chegou em primeiro lugar com 134 voltas e o tempo de 45m10.841s, em segundo lugar se manteve André Borges, mesmo com a batida e 124 voltas com um tempo de 43m15955s e em terceiro Peterson com 117 voltas e tempo de 45m17.704, seguidos de  Milani, João GYN, Felipe Chaud e João Paulo, conforme mostra a tabela da final logo abaixo.

Com esse resultado, nosso campeonato fica da seguinte forma:

Assista o vídeo da Corrida: